Follow by Email

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

DO QUE SE TRATA ESTE BLOG

Aqui trataremos simplesmente de Literatura. De como criar livros que tenham o poder de agradar a milhões de leitores, e, consequentemente se colocarem no topo da lista dos mais vendidos. É um projeto extremamente ambicioso? Na verdade é ambicioso, mas, não considerado fora do alcance.

2 comentários:

  1. O universo literário é extremamente restrito, é fato.
    Dispomos, entretanto, na atualidade, de um poder de divulgação outrora inexistente, que é a divulgação independente, via as redes sociais; se isso vende? Muito pouco, principalmente se a obra não for vendida através das Megastore; porém, penso eu, não deixa de ser um começo e tanto!
    Sabe o que nos falta mesmo, Ivo? Aquilo que falta em váaarias ramificações de classes; UNIÃO.
    Raramente um autor aconselha a outro, dá dicas, aponta caminho, raramente um autor lê o texto de um iniciante e solta um "Opa! A coisa é boa!" "Deixa eu ao menos apontar onde fica o caminho "das peeedras"...
    União faz a força, isso nós sabemos. Talento para Bestsellers? Ora, duvido que muitos de nós NÃO detenha! As mais suntuosas capitais foram erigidas em terrenos pantanoooosos, e o nosso tempo não é o tempo de nossas obras...sejamos romanos e sedimentemos estradas largas que a todos facilite o acesso, e estaremos destinados, não restará sombra de dúvida, ao tão aguardado sucesso!
    Meu abço Ivo, booooa sorte, que eu possa contar com vc dentro de nossa empreitada comum, que é a literatura, a dramaturgia, assim como me mantenho acessível caso eu possa ser útil!

    ResponderExcluir
  2. Concordo plenamente com você, amiga. Os escritores do passado escreviam cartas mencionando uns aos outros as suas dúvidas e comentários a respeito de suas obras. Eram de fato verdadeiros amigos, e tinham plena confiança e sinceridade em suas relações. Hoje em dia temos as redes sociais, mas parece que há um certo egoísmo exacerbado e desconfiança que atrapalha um pouco o relacionamento. Acho que se nos dispuséssemos a ajudar-nos uns aos outros, talvez conseguiríamos com mais rapidez atingir os nossos objetivos. Abraços.

    ResponderExcluir